Que tal um novo elemento na família? Porque não um cão?


13549301_1204701926230958_867960394_o

Muitas vezes surge dos mais novos a pergunta: “e nós, não podemos ter um cão?”.

Nós próprios, quantas vezes já não pensamos como seria se tivéssemos a oportunidade de partilhar a nossa vida com um cão?

Muitas pessoas preferem passar os seus tempos livres em casa agarrados ao sofá. Mas, com os passeios e brincadeiras diárias que estes amigos de quatro patas tanto adoram iriam despender as suas energias e tomar um modo de vida muito mais ativo e saudável. Os cães, tal como nós, precisam de gastar as suas energias (embora uns mais que outros). Todos precisamos de praticar exercício físico para nos mantermos saudáveis e equilibrados.

13552722_1204701006231050_478658426_n

O cão irá depender dos donos para passear, brincar ou correr. Estas atividades são muito mais agradáveis quando feitas com companhia, tanto para eles como para os donos. Como é algo que só podem fazer acompanhados, necessita que os donos também pratiquem alguma atividade física. Opções como caminhadas e corridas, acompanhadas pelo novo amigo, serão muito mais motivadoras e agradáveis. Ver o seu cão feliz é altamente promissor para os donos. O impacto é imediato pela alegria que o cão transmite.

Por serem comunicadores por natureza, os cães conseguem facilmente estabelecer uma relação empática com os seres humanos. Ao fim de algum contacto, embora não consigam expressar-se como nós, facilmente desenvolvem competências que lhes permitem expor o que sentem ou precisam seja com olhares, sons ou outras formas que vão aprendendo com a sua interação com o dono.

13553398_1204700939564390_1043552894_n

Para além de serem uma companhia para todos os que partilham a vida com eles, são dedicados aos seus donos e devotos de todos os que os tratam bem. No entanto, apesar de todos os benefícios que poderão trazer, os cães não são objetos, nem poderão ser olhados como um capricho temporário. Adotar um cão deverá ser uma decisão ponderada: além de uma longevidade que quase sempre ultrapassa uma década, há que considerar ainda se será possível garantir as necessidades básicas que um cão tem ao longo de toda a sua vida.

Cabe ao dono garantir os cuidados básicos de higiene e saúde, através de um controlo atento do estado do seu animal (acompanhado sempre que necessário por um médico veterinário). É fundamental também promover um programa nutricional completo, dando-lhes uma alimentação variada e equilibrada para promover a sua integridade e bem-estar (algo que atualmente é garantido pela maioria das rações comercializadas). Estes são os dois pontos fortes mais comummente referidos e explorados como garantia das necessidades básicas de um cão. No entanto deve-se ainda ter em atenção o local e ambiente circundante em que o cão irá habitar para que seja respeitada a estrutura social que este precisa, promovendo o seu enriquecimento com estímulos e atividades. Os cães são animais sociais, pelo que não lidam bem com a exposição a longos períodos de solidão.

13530311_1204700962897721_1055914244_n

Por último, mas não menos importante, há também que incluir nas necessidades básicas a garantir um aspeto que muitas vezes é desprezado mas que felizmente, nos dias de hoje, já se encontra mais difundido: é crucial no desenvolvimento de um animal incluir no seu dia-a-dia treinos. Não necessariamente de obediência básica (para ter o cão a fazer o que lhe é pedido, como sentar e deitar), mas o que é necessário para que ele e o seu dono possam conviver harmoniosamente e em sociedade. Andar à trela sem puxar, não destruir a casa, e muitos outros problemas evitáveis com uma precoce atuação na estimulação e comunicação durante toda a aprendizagem e interação que eles têm com os donos. Esta interação só poderá ser melhorada com algum treino e dedicação.

13522485_1204701109564373_321663822_n

Para um cão adulto saudável e equilibrado é preciso fomentar aspetos como a tranquilidade e harmonia no seu dia-a-dia desde os primeiros contactos. Todo o comportamento será construído e moldado com base nas interações que o cão recebe. O nosso melhor amigo será reflexo da dedicação e experiências que tivermos com ele.

Luca Conde - Dogs Training Concept
Luca Conde –  Dogs Training Concept

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook